Sistema de gestão para pequenas empresas tão fácil quanto contar de 1 até 3

Gaste menos tempo com burocracia e invista no trabalho que realmente vai fazer a sua empresa crescer

Comissão de vendas: como definir?

Dificuldades para definir o melhor método para comissão de vendas? Leia nosso artigo e saiba quais são os comuns e como definir o melhor para sua empresa.

Autor: Francesca Rodrigues | Leia em 4 minutos
comissão de vendas

Nós já mostramos em nosso blog a importância de pagar comissão de vendedores para otimizar os seus resultados.

Porém, nem todas as empresas conhecem os tipos de comissionamento, tornando a decisão de pagar comissão mais complexa.

Para resolver esse problema, juntamos em um post os modos mais comuns de calcular a comissão de vendas e como escolher o modelo de comissionamento ideal para a sua empresa.

Continue lendo!

Os modos mais comuns de calcular a comissão de vendas

Como já explicamos neste outro post, em regra geral, os vendedores recebem um salário fixo + comissão.

Podendo também ser extinto o pagamento do valor fixo, desde que assegurado um recebimento mínimo por mês.

Existem quatro modos mais comuns de comissionamento, são eles:

Comissão por venda

Esse talvez seja o método de comissionamento mais utilizado pelo mercado devido a sua fácil implementação.

Neste tipo de comissão, o vendedor recebe um percentual fixo por venda realizada.

Os valores relativos a este tipo de comissão podem ser repassados ao vendedor em um único pagamento juntamente com o salário mensal, ou ainda em pagamentos semanais ou a cada venda realizada.

É preciso ter cuidado caso a sua margem de lucro seja baixa para não comprometer o lucro da empresa.

Muitas empresas trabalham com margens diferentes para cada meta atingida.

Por exemplo: se um vendedor vender até R$ 5.000,00 ganha 3%. Já se vender mais ganha 5%.

Para isso, as metas de vendas precisam estar alinhadas com todo o time, além de serem atingíveis.

Comissão por faturamento bruto

Outro tipo de comissão de vendedores é calculado de acordo com todas as vendas da empresa e se chama comissão por faturamento bruto.

Nesses casos, todas as vendas do mês anterior, sem a retirada dos custos, contam para o cálculo da comissão.

Imagine, por exemplo, que uma empresa vendeu R$ 50.000,00 no mês de dezembro e o comissionamento é de 0,5%. O valor da comissão, que será pago no mês de janeiro, é de R$ 250,00.

Assim como a comissão por venda, muitas empresas utilizam um percentual diferente para cada faixa de faturamento da empresa, fazendo assim com que a equipe sinta-se mais motivada.

Comissão por margem de lucro

Esse tipo de comissão talvez seja o mais difícil de apurar, pois é formado pelo percentual da comissão em relação ao lucro da empresa. Então, é necessário apurar mais esse dado, além de ter bem definido os custos fixos e variáveis do seu negócio.

Esse modelo é o mais sustentável, pois não compromete os resultados da empresa devido a estar ligado à sua lucratividade.

Neste modo de apurar a comissão de vendas, o vendedor recebe uma porcentagem fixa em cima de todo o lucro da empresa.

Para isso, é necessário ter total transparência com os seus colaboradores em relação ao seu faturamento.

Comissão por recebimento

O último modo de calcular comissão, explicitado neste artigo, tem relação aos recebimentos.

Esse é indicado principalmente para as empresas que vendem a prazo ou recebem de forma parcelada pelas vendas.

A grande diferença deste tipo de comissão é que ela é paga depois do valor ser recebido pela empresa, evitando assim furos no caixa.

Assim, os vendedores passam a fazer parte ativa do processo de recebimento do cliente e também recebem mais vantagens ao vender a vista, estimulando essa forma de cobrança.

Qual o modelo de comissão ideal para minha empresa?

Se você não trabalha com comissões, é possível que ao chegar nesta etapa do artigo esteja se perguntando qual o modelo de comissão ideal para a sua empresa.

Essa é uma pergunta que não existe uma resposta exata.

Não há fórmulas prontas sobre quais tipos de comissões funcionam com cada tipo de empresa.

O que podemos adiantar é que você não deve se preocupar em começar com um sistema muito avançado de comissões, pois ele tende a furar e desmotivar você e a sua equipe.

Opte por aqueles tipos de comissão que exijam menos cálculos e levantamentos de dados, como a comissão por venda e por recebimento.

Além disso, não se preocupe em utilizar apenas modelos prontos.

Você pode criar o seu próprio modo de comissionamento, pois a legislação não tem um regulamentação específica para esse fim.

É claro que é sempre válido consultar o seu contador para ter um aval sobre as regras de convenções coletivas de sindicato.

Outro jeito de trabalhar com comissões é fazer testes. Isso quer dizer que você pode trocar o modo de comissionamento dos seus vendedores assim como os percentuais quando quiser.

É preciso tomar cuidado para ter uma política clara de comissionamento e que esta seja documentada para não ter dúvidas e frustrações posteriores.

Independente de qual tipo de comissão escolher, é necessário sempre estar atento para não comprometer os seus lucros no pagamento desta.

Por isso, tome cuidado na formação do preço de venda e embuta o comissionamento neste valor.

Feito isso, opte por um sistema de gestão, como o Fácil123, para fazer o gerenciamento da comissão dos vendedores, ou utilize nossa planilha gratuita, fazendo o download aqui.

Temos certeza que utilizando o comissionamento, seus resultados serão ainda melhores. Boas vendas!

Leia mais