Sistema de gestão para pequenas empresas tão fácil quanto contar de 1 até 3

Gaste menos tempo com burocracia e invista no trabalho que realmente vai fazer a sua empresa crescer

Porque pagar comissão de vendedores

A comissão de vendedores é uma das formas de motivar o seu time comercial. Quer saber porque sua empresa deve pagar comissão? Leia nosso artigo.

Autor: Francesca Rodrigues | Leia em 3 minutos
comissão de vendas

A comissão de vendedores é, sem dúvidas, uma excelente maneira de motivar a sua equipe de vendas.

Para isso, ela precisa ter regras claras e metas alcançáveis.

Quer entender como funciona o comissionamento e qual a vantagem dessa modalidade? Continue lendo nosso artigo!

Como funciona a comissão de vendedores?

A comissão de vendedores é paga de diversas formas, conforme decisão da empresa.

Os mais comuns são:

  • comissionamento por vendas;
  • comissionamento por faturamento;
  • comissionamento por margem de lucro;
  • e, comissionamento por recebimento.

Se quiser saber mais sobre os diversos modos de comissionamento, leia este artigo.

Um dado interessante, e que muitas empresas desconhecem, é que um vendedor não precisa, necessariamente, ter um salário fixo.

Ele pode receber somente por comissionamento, sem o salário fixo, com a garantia por lei que receberá um valor mínimo, caso atinja menos que esse mínimo por meio das comissões.

Independente do tipo de comissão de vendedores que escolher, é preciso ficar atento na formação do preço de venda para que o pagamento da comissão de vendedores não comprometa os seus lucros.

Portanto, considere esse fator na hora de defini-lo.

Comissão e bonificação é a mesma coisa?

Há uma certa confusão em relação aos termos comissão e bonificação.

A comissão, como explicamos, se refere a porcentagem das vendas pagas aos vendedores.

É importante ressaltar que muitas empresas trabalham com valores diferentes de comissão conforme o faturamento.

Por exemplo: se um vendedor vender até R$ 1.000,00 ganha 3% de comissão, de R$ 1.000,00 a R$ 3.000,00, 5% e assim sucessivamente.

Mesmo tendo um valor variável, essa é uma prática de comissionamento, pois há pagamento independente da quantidade de vendas.

Já na bonificação, ela é vista como um valor extra, que também pode ser pago em forma de porcentagem, mediante o cumprimento das metas da empresa.

Se você não atingiu a meta, não recebe.

Em resumo: comissão é relacionado a vendas, independente da sua quantidade e a bonificação está relacionado com o cumprimento de alguma meta.

No caso da bonificação, as metas precisam ser definidas de forma correta, se não o que deveria ser incentivo para vender mais, pode ter um efeito contrário: de desmotivação.

Há ainda empresas que trabalham com ambas as modalidades: o comissionamento e também a bonificação.

Qual a vantagem de pagar comissões?

Quando um colaborador ganha por comissão, é possível que haja um aumento da produtividade e da busca por resultados.

Isso se dá porque o vendedor passa a acreditar que a sua remuneração está diretamente ligada ao seu rendimento, fazendo com que ele realmente vista a camisa da empresa.

Por consequência, com uma remuneração melhor e o alcance de metas, os colaboradores passam a ter uma maior motivação para trabalhar.

Além disso, os custos fixos da empresa podem diminuir, visto que normalmente se paga, para os vendedores, o teto da categoria e um comissionamento mais arrojado.

Assim, sua empresa terá um custo maior com a folha de pagamento desse setor, se os resultados forem maiores, trazendo benefícios para ambos os lados.

Posso modificar o percentual de comissão de meus vendedores?

Digamos que você pague para os seus vendedores normalmente 3% de comissão sobre as vendas. Mas, agora você quer impulsionar os negócios e está pensando em aumentar temporariamente para 5%.

Não há nada na legislação trabalhista, até o momento, indicando que você pode ou não modificar o percentual de comissão. Ou seja, depois você poderá voltar o seu comissionamento ao percentual original.

O que você não pode fazer é mexer no comissionamento das vendas já realizadas.

Claro, antes de fazer isso vale a pena você consultar o seu profissional contábil para que ele verifique se não existe alguma restrição na convenção coletiva sindical em que a sua empresa está inserida.

Apesar de não ser obrigatório, uma dica seria deixar essas mudanças bem claras para o vendedor e, se possível, documentadas de alguma forma.

É importante também que você saiba que a legislação não regula a forma de cálculo desse comissionamento.

Precisa de uma força para gerenciar as comissões de vendedores? Faça o download da nossa planilha gratuita.

Como sua empresa utiliza o comissionamento para alavancar os resultados? Compartilhe conosco.

Leia mais